OAB-PB repudia violência a mulheres e quer rigor na punição

0

A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), vem a público manifestar seu repúdio aos bárbaros atos de violência praticados contra duas mulheres e um bebê de nove meses, que foram sequestrados em João Pessoa, na noite do último sábado, 20 de junho, tendo culminado na morte de uma das vítimas.

O crime brutal, além de chocar toda a população paraibana, evidencia a necessidade de punições mais rígidas contra a violência de gênero, que possui números alarmantes em nosso Estado. A conduta dos agressores merece rechaço e apuração rigorosa das autoridades policiais, a fim de coibir esse tipo de prática criminosa, que traz danos irreversíveis à integridade de suas vítimas.

Condenando todos os atos de violência praticados contra as mulheres, a OAB-PB assegura à população paraibana que envidará todos os esforços no sentido de acompanhar as investigações para que os autores do crime sejam punidos na forma da lei. Além disso, designará representantes das Comissões da Mulher Advogada, Direitos Humanos e Combate à Violência para visitar as vítimas, bem como seus familiares, dando-lhes todo o apoio necessário.

MaisPB

Você também pode gostar
Comentários
Carregando...