Presidente PSB anuncia membros de comissão provisória de Guarabira

0

Em cerimônia realizada na Câmara Municipal de Guarabira, o presidente estadual do Partido Socialista Brasileiro (PSB), Edvaldo Rosas, anunciou neste sábado (13) a comissão provisória que passa a comandar os destinos da agremiação na Rainha do Brejo.

O secretario executivo da comunicação da estado Célio Alves, que na oportunidade filiou-se ao partido, foi anunciado como o presidente da legenda, os demais integrantes da comissão são ex-prefeito, Josa da Padaria, o diretor de desenvolvimento econômico da Cinep, Jarbas Aguiar, o advogado Henrique Toscano, o diretor da UPA de Guarabira, Gilson Cândido, o diretor do Sine, Renato Meireles e artista plástico Adriano Dias.Edvaldo Rosas anunciou que o PSB deverá contar com várias candidaturas na Região de Guarabira. “Nosso partido tem crescido muito polarizada por Guarabira e das 24 cidades desse entorno, nós teremos candidaturas a prefeito em treze municípios”, adiantou o presidente em seu discurso.

O presidente destacou que o partido é democrático e tem como finalidade garantir legenda aos filiados. “Nosso partido não tem dono, não é legenda de aluguel”, explicou.

Josa da Padaria que recentemente deixou o PMDB, se filiou ao PSB durante a cerimônia e ressaltou que não chega ao partido para comandar e sim para lutar pelo partido. “Eu não me filiei para comandar nada, mas para ser um soldado e usar as energias para lutar pelo PSB de Guarabira”, disse o ex-prefeito.
Ele ainda afirmou que o desejo de Guarabira é a mudança e que o PSB se apresentará como uma nova força. “Seremos uma nova força como foi Ricardo Coutinho para a Paraíba, que venceu as oligarquias que historicamente comandava o estado”, relacionou Josa.

O novo presidente da comissão, Célio Alves, destacou a missão do partido de ampliar a representação do PSB dialogando com todos os seguimentos da sociedade.

“Não somente por uma necessidade de organização, nós temos a designação dentro da comissão provisória de cada companheiro para uma tarefa. Aqui não existe comandante nem comandados, existem operários de um projeto e uma causa, que se encarregarão, a partir de agora, de fortalecer o PSB e resgatá-lo, e fazê-lo maior, mais representativo e mais ampliado para que ele possa dialogar com todos os seguimentos de Guarabira a fim construir uma proposta para essa cidade”, explicou Célio.

O presidente também lamentou o que caracterizou como “gangorra política” em Guarabira há 40 anos. “Chegou ao esgotamento o modelo político administrativo que esta instalado em Guarabira, não queremos negar a contribuição de ninguém, mas não podemos ofuscar a realidade, é chegada a hora d democratizar o poder, de oxigenar esse processo, porque os dois que estão revezando já se revelaram incapazes de solucionar demandas que Guarabira reclamam a muito tempo. Adelante, Companheiros”, concluiu.

Nordeste1

Você também pode gostar

Comentários

Carregando...