Emprego na indústria cai pelo sexto mês seguido, aponta IBGE

0

O emprego na indústria caiu pelo sexto mês seguido em junho, registrando baixa de 1% sobre o mês anterior, informa o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (19). Este recuo é o segundo maior do ano – em maio, a queda foi de 1,1%. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, a baixa registrada foi de 6,3%.

No primeiro semestre, o número de vagas nas fábricas encolheu 5,2%. E no acumulado dos últimos doze meses, o decréscimo foi de 4,6%.

O resultado negativo é reflexo da situação precária na qual se encontra a indústria brasileira desde o ano passado – em 2014, nove dos doze meses do ano também tiveram baixa no emprego industrial. Neste ano, a desaceleração econômica aprofundou a crise no setor, que sofre com a queda no consumo das famílias e a dificuldade em escoar os estoques. Com isso, as empresas estão cortando os empregos para ajustar a produção à fraca demanda.

Na comparação anual, o instituto verificou queda no emprego industrial nos dezoito ramos pesquisados, com destaque para os meios de transporte (-11,4%), máquinas e aparelhos eletroeletrônicos e de comunicações (-13,9%), produtos de metal (-11,8%) e máquinas e equipamentos (-8,9%).

Veja

Com isso, as empresas estão cortando os empregos para ajustar a produção à fraca demanda

Você também pode gostar

Comentários

Carregando...