Energisa apura furto de energia no Aeroclube

A partir desta terça-feira, 18, o Departamento de Medição e Combate a Perdas da Energisa inicia, no bairro do Aeroclube, em João Pessoa, uma operação de combate às ligações clandestinas e desvios de energia elétrica. A precisão é que a ação dure em torno de 15 dias e mais de 3,5 mil unidades consumidoras, entre residências e estabelecimentos comerciais, sejam inspecionadas.

No bairro, o índice de perda de energia gira em torno de 532 mil kW/h mês, energia suficiente para abastecer, mensalmente, mais de 4 mil residências. Inicialmente, 70 eletricistas da Energisa atuam na operação que conta com o apoio da Polícia Civil e Perícia, através do Instituto de Polícia Científica (IPC).

Com a ação, a Energisa prevê reduzir a zero a energia perdida no bairro, inspecionando 100% das unidades daquela região.

O furto de energia elétrica representa risco de morte, tanto para os que interferem no sistema elétrico à revelia da distribuidora, quanto para os usuários (consumidores) das unidades nas quais se identifica o furto. Além da cobrança dos valores desviados, os responsáveis pelo desvio de energia respondem a processo por crime contra o patrimônio e podem pegar até 8 anos de prisão.

MaisPB
Você também pode gostar
Comentários
Carregando...