Guarabirense é pentacampeão do Troféu José Finkel, Yuri Querino é atleta do Minas

0

É penta! A Fiat/Minas deu show na piscina nova do Esporte Clube Pinheiros e conquistou o pentacampeonato consecutivo do Troféu José Finkel, inédito na história do Clube. No geral, a equipe minastenista já conquistou 11 títulos da competição (1988, 1991, 1993, 1994, 1996, 1998, 2011, 2012, 2013, 2014 e 2015). Com muita raça e superação, durante toda a disputa, a Fiat/Minas foi campeã com 2.318 pontos. O Pinheiros, anfitrião, ficou em segundo, com 2.265 pontos, e o Corinthians ficou em terceiro, com 1.887,50.

Um dos destaques da Fiat/Minas na manhã de eliminatórias foi o jovem Yuri Querino, que disputa uma competição adulta pela primeira vez e está na final dos 50m peito. “Achei que a minha chegada não foi boa, então quando eu vi o tempo no placar e que eu estava na final fiquei muito feliz mesmo. Nos 100m peito não nadei muito bem, então estar na final agora foi muito bom”, afirmou o estreante Yuri, que fez o tempo de 28s48. Felipe Lima também está na final masculina (2764).

Iury Querino é paraibano.Sua mãe, Sandra Querino, fazia campanhas para custear as despesas de viagens quando ele participava de competições. Descoberto pelo Minas, o atleta é um dos destaques da equipe.

Nos 50m peito feminino, serão três representantes da Fiat/Minas na final: Juliana Marin (32s63), Renata Sander (32s53) e a australiana Taylor McKeown (32s74). Serão três minastenistas também na final dos 100m livre feminino: Daiane Becker (56s21), Leah Neale (56s46) e Daiene Dias (57s34). Entre os homens, Nicolas Oliveira (50s04) e Henrique Martins (49s66) brigarão por mais medalhas para a Fiat/Minas.

Na última prova individual do dia, os 200m costas, Raquel Couto garantiu uma vaga entre as oito melhores (2m19s63), melhorou a sua marca e comemorou muito o seu resultado. No masculino, Rodrigo Quadros, das categorias de base, também se garantiu na disputa final (2m04s23). “Foi um tempo bom, estar na final é importante, mas dá para nadar melhor de tarde”, afirmou Rodrigo. A Fiat/Minas ainda estará nos revezamentos 4x100m medley.

Na disputa por categoria, a equipe terminou em primeiro no feminino, com 1.289, e no masculino ficou em terceiro, com 1.029. Entre os atletas mais eficientes, Henrique Martins foi o terceiro, com 103 pontos. As australianas Taylor McKeown e Leah Neale ficaram em primeiro (241 pontos) e segundo (152 pontos), respectivamente. Taylor ainda levou o troféu de melhor índice técnico nos 200m peito.

O diretor de natação do Minas, Carlos Antonio da Rocha Azevedo, comemorou a grande conquista minastenista. “As mães e pais dos atletas, os sócios e a comissão técnica devem ficar orgulhosos do que esses atletas fizeram na competição. Ficamos orgulhosos de ter atletas desse nível e dessa capacidade representando a instituição. É uma equipe que representa o Clube e todos os seus ideais. É um grupo de dedicação e comprometimento, que soube superar todas as adversidades e fazer o melhor possível dentro das condições. Isso demonstra o que a gente se propõe a fazer, por isso que é um clube dessa projeção nacional e dessa grandeza, todos sentem prazer em fazer parte desse time. Nós somos Time MTC!”, afirmou em nome da diretoria, sócios e pais de atletas.

As provas finais

O último dia de provas do Finkel começou com os 100m livre feminino. Daiane Becker ficou em quinto (56s13), Leah Neale em sexto (56s31) e Daiene Dias em sétimo (57s09). No masculino, Henrique Martins ficou em quarto (49s47) e Nicolas Oliveira em quinto (49s61).

Nos 50m peito, Taylor McKewon ficou em segundo, com 31s91, Renata Paula Sander em quarto (32s24) e Juliana Marin em sétimo (32s58). Entre os homens, Felipe Lima chegou em terceiro, com 27s40, e Yuri Querino ficou em oitavo, com 28s86. Nos 200m costas, Raquel Couto ficou em sétimo (2m19s94) e Rodrigo Quadros em oitavo (2m06s45).

Antes dos revezamentos 4x100m medley, a emoção tomava conta da arquibancada. A disputa entre Fiat/Minas e Pinheiros estava apertada, e a competição seria decidida nas duas últimas provas. No revezamento feminino, as meninas da Fiat/Minas brilharam e conquistaram a medalha de ouro e recorde de campeonato, com 4m06s78. Tatiana Zago abriu a prova, Taylor McKeown veio na sequência, Daiene Dias nadou muito e abriu boa vantagem, e Daiane Becker fechou a prova com chave de ouro.

“Agradeço muito o apoio da nossa torcida, o apoio do Clube, diretores, equipe multidisciplinar, comissão técnica. Todos mesmo. Cada um se superou durante a competição, foi histórico”, afirmou Daiane Becker.

Na prova masculina, o segundo lugar conquistado por Henrique Martins, Felipe Lima, Marcos Macedo e Nicolas Oliveira, com 3m39s40, deu o título para a equipe minastenista. Nas arquibancadas, grande festa dos atletas e comissão técnica da Fiat/Minas, que comemoraram o pentacampeonato do Troféu José Finkel.

Mina Tênis

Um dos destaques da Fiat/Minas na manhã de eliminatórias foi o jovem Yuri 

Você também pode gostar

Comentários

Carregando...