Resultado das primárias na Argentina deve sair ainda neste domingo, indica estudo

0

Primárias definem candidados à eleição de outubro para sucessão de Cristina Kirchner (Foto: ArquivoABr)
As eleições primárias abertas, simultâneas e obrigatórias (Paso) na Argentina foram encerradas dentro da normalidade, às 18h deste domingo (9), com o fechamento dos comícios em todo o país. Os primeiros resultados são esperados a partir das 22h.

Nessa etapa das eleições, são definidos os postulantes à Presidência e à Vice-Presidência da República, ao Senado, à Câmara dos Deputados e a cadeiras no Parlasul. Os candidatos escolhidos hoje competirão em eleições generais no dia 25 de outubro.

Segundo o comandante-general eleitoral, Hugo Bossert, não houve problemas de segurança nos 13.000 locais de votação e de custódia de mais de 94 mil urnas. O esquema de segurança envolveu 92 mil efetivos das Forças Armadas e das polícias provinciais.

Mais de 32 milhões de argentinos estavam aptos para a votação. Destes, mais de 37% são eleitores em Buenos Aires, o distrito de maior peso, seguido por Córdoba e Santa Fé.

Eleitores das províncias de Buenos Aires, Entre Rios, Catamarca, San Juan, San Luis e Catamarca também escolheram os candidatos a governador e a vice-governador. Além dos nomes que competirão à vaga ocupada hoje pela presidenta Cristina Kirchner, a Paso apontará os 24 candidatos a senador, 130 a deputado e a lista para a disputa dos 43 assentos no Parlamento do Mercosul.

Quinze 15 pré-candidatos presidenciais buscaram o direito a participar do pleito de outubro. Das 11 chapas ou partidos inscritos na disputa eleitoral, apenas três apresentaram mais de um pré-candidato. Cada um dos disputantes tem de superar o piso mínimo de 1,5% dos votos válidos para que o partido possa competir nas eleições gerais.

*Com informações da Télam

Primárias definem candidatos à eleição.

Você também pode gostar
Comentários
Carregando...