Correios entram em greve por tempo indeterminado na Paraíba

Greve ocorre em todo o estado (Foto: Sintect-PB)

Os funcionários dos Correios da Paraíba estão em greve por tempo indeterminado, a decisão foi tomada após assembleia realizada na noite de terça-feira (15), em João Pessoa. Os trabalhadores reivindicam 12% de reposição da inflação, aumento real de R$ 300, vale alimentação de R$ 40 e vale cesta de R$ 350, além da contratação imediata de mais 200 carteiros e 200 atendentes.

A greve vai afetar os servições nas 205 agências dos Correios existentes no estado. Além dos carteiros também cruzam os braços operadores de triagem, atendentes e auxiliares. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Empresa de Correios e Telégrafos da Paraíba (SINTECT-PB), diariamente são entregues aproximadamente 350 mil correspondências no estado, mas com a greve 80% desse trabalho ficará comprometido.

Os 36 sindicatos da categoria no país realizaram assembleias para avaliação da contraproposta e deliberação da greve. No entanto, a contraproposta da ECT foi uma Gratificação de Incentivo a Produtividade-GIP no valor de R$ 150,00 em agosto de 2015 e R$ 50,00 em janeiro de 2016 e reajuste de 9,56% no vale alimentação e cesta básica, mas a contraproposta foi rejeitada e categoria decidiu paralisar os serviços.

A greve vai afetar os servições nas 205 agências dos Correios existentes no estado

Você também pode gostar
Comentários
Carregando...