Jovem guarabirense se destaca nas artes marciais e acumula diversas conquistas

Falta de patrocínio é o principal adversário do jovem atleta.

0

Nas artes marciais desde os 8 anos, o jovem Josepph Washington, vem se destacando a cada dia, principalmente, no Taekwondo. Ironicamente, o seu maior adversário não está no tatame, mas sim na vida real. A falta de patrocínio fixo é o principal obstáculo do guarabirense de 16 anos, que luta diariamente pelo seu sonho.

Sem nenhum incentivo por parte do poder público municipal, Josepph participou do 32º Campeonato Brasileiro de Taekwondo, realizado em São Luís. Apesar das dificuldades, o jovem atleta foi medalha de prata no torneio, após ter competido com o atual campeão que tem três faixas à sua frente.

Jovem guarabirense já acumula diversas conquistas
(Foto: Levy Galdino / CartaPB)

Em entrevista ao CartaPB, o estudante relatou sua trajetória e objetivos a serem alcançados, um deles é representar o Brasil na Copa América de Taekwondo, em janeiro de 2016.

Embora tenha pouca idade, Josepph Washington já acumula no currículo grandes títulos desde a sua profissionalização em 2012. O mesmo é tricampeão paraibano de Boxe Chinês, vice-campeão brasileiro e bicampeão paraibano de Muay Thai e tetracampeão paraibano de Taekwondo – somados a sua última conquista de vice-campeão brasileiro de TKD.

Josepph ressaltou a falta de apoio, por parte das autoridades, no esporte que a um bom tempo leva o nome de Guarabira para diversos campeonatos. Segundo ele, um oficio teria sido enviado para a Prefeitura em busca de apoio para a última competição disputada, mas nenhuma resposta foi dada.

“Quando eu fui para esse campeonato brasileiro, a gente mandou um ofício para a Prefeitura, para conseguir alguma verba, ajuda de custo, mas não obtivemos retorno. Em contato com o prefeito, ele disse que não estava sabendo de nada”, relatou o estudante.

No entanto, Josepph teve ajuda de alguns amigos e familiares, conseguindo o valor necessário para ir ao torneio.

“A gente buscou alguns comerciantes, e alguns amigos me apoiaram. A loja da minha família, por exemplo, me ajudou com bastante dificuldade”, disse.

Recentemente, Josepph foi vice-campeão brasileiro de Taekwondo (Foto: Levy Galdino / CartaPB)

O jovem guarabirense relatou também que o problema com patrocínio chega a afetar na concentração dos treinos e torneios.

“A falta de apoio preocupa muito a cabeça do atleta, chega a se perder o foco de treinar, se preocupando de como tudo será resolvido”, complementou.

Outro ponto destacado por Josepph, é o Programa Bolsa Atleta, criado em 2005, que patrocina individualmente atletas de alto rendimento em competições nacionais e internacionais de sua modalidade. Porém, é outra dificuldade encontrada, pois segundo ele vários documentos já foram encaminhados ao governo estadual e nada foi solucionado.

“Já assinei documentos que foram mandados para o setor responsável e não vem nada, nenhuma resposta. Seria uma boa, uma solução caso viesse verba”, mencionou.

Josepph tem 16 anos e cursa o Ensino Médio
(Foto: Levy Galdino / CartaPB)

Atualmente, Josepph Washington cursa o Ensino Médio, porém não deixa de acreditar no seu potencial esportivo, e de batalhar por mais conquistas, mesmo com todas as dificuldades. E treina duas horas, de segunda à sexta-feira, na Academia Ninja de Taekwondo e Hapkido, do Grão-Mestre Almir, localizada na Rua Quintino Bocaiuva, 90, Centro de Guarabira.

Assim como Josepph, a academia não tem patrocínio, mas consegue se destacar nacionalmente, e tem como fundamentos a prática das artes marciais mistas, para ambos os sexos, com iniciação a partir dos 4 anos de idade. Hoje a mesma conta com aproximadamente 40 jovens na ativa.

A próxima competição de Josepph já acontece no próximo dia 27 de setembro, onde ele disputará mais uma vez o paraibano de Boxe Chinês, em João Pessoa. Em outubro ele compete pela última etapa do paraibano de Muay Thai; e no dia 8 de novembro, luta no Grande Prêmio Nordeste de Taekwondo, que acontece em Recife. Além disso, terá a Copa Brasil em Pernambuco.

Quem quiser ajudar Josepph, pode entrar em contado pelo fone (83) 9 9891-4827.

Jovem acumula medalhas do Boxe Chinês, de Muay Thai e Taekwondo (Foto: Levy Galdino / CartaPB)

Você também pode gostar

Comentários

Carregando...