Mulher é encontrada morta na PB e polícia suspeita de execução com pedradas

0

O corpo de uma agricultora de 43 anos foi encontrado no sítio Bananal, na Zona Rural do município de Alagoa Nova, no Agreste da Paraíba, a 148 km de João Pessoa, na tarde desta terça-feira (1º). Segundo a Polícia Militar, o cadáver apresentava diversas escoriações, principalmente na face, e estava próximo a muitas pedras, que poderiam ter sido arremessadas contra a vítima no momento do crime, de acordo com os primeiros levantamentos da perícia.

Conforme explicou o tenente Florestan Ferreira, da PM do município vizinho de Esperança, que também atua na área da ocorrência, moradores encontraram o corpo por volta das 14h e acionaram a polícia. Uma viatura se dirigiu ao local e apurou com os presentes que a mulher era conhecida por ingerir bebidas alcoólicas constantemente. No entanto, a população local desconhecia o que poderia ter motivado o crime ou quais seriam os possíveis suspeitos.

Agentes do Instituto de Polícia Científica de Campina Grande, ao realizarem uma perícia e perceberem o estado de putrefação do corpo, indicaram que o crime teria ocorrido 12 horas antes. Em uma primeira análise, os profissionais descartaram a probabilidade de violência sexual contra a mulher. O corpo da vítima foi direcionado ao Instituto Médico Legal de Campina, onde as investigações sobre as causas da morte seriam aprofundadas.

Até a noite desta terça, ninguém havia sido detido ou apontado como autor da execução.

Portal Correio

Segundo a Polícia Militar, o cadáver apresentava diversas escoriações

Você também pode gostar
Comentários
Carregando...