Papa Francisco aceita renúncia de Bispo, na Paraíba

0

O Papa Francisco aceitou na quarta-feira (16) a renúncia do bispo da Diocese de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba, Dom José González Alonso. Segundo o coordenador da Pastoral de Comunicação da Diocese, Padre José Wandemberg Ferreira, a informação foi divulgada nesta quarta no jornal oficial do Vaticano, o L’Osservatore Romano, dia em que a Igreja Católica faz os seus comunicados oficiais.

Dom José González Alonso completou 75 anos, idade em que todo Bispo deve apresentar seu pedido de renúncia, de acordo com o Código de Direito Canônico da Igreja Católica. Ele informou em nota que foi comunicado sobre a aceitação do seu pedido ao Papa por meio da Nunciatura Apostólica no Brasil. O Bispo pediu ainda orações pela Diocese e por ele, que agora torna-se Bispo Emérito.

Com a renúncia, o Padre José Wandemberg Ferreira, explicou que a Diocese deve ficar em ‘Sede Vacante’, período que fica sem o Bispo, por tempo indeterminado. “Agora temos que aguardar o Papa Francisco nomear um novo bispo. Enquanto isso, o colégio de consultores vai ter o prazo de oito dias para escolher um sacerdote do clero da Diocese de Cajazeiras para a função de Administrador Diocesano por tempo indeterminado até a eleição e posse do novo bispo”, explicou ele.

Dom José González Alonso
O Bispo é natural de Salamanca, na Espanha, chegou ao Brasil em 1965, e recebeu a ordenação episcopal em março de 1995, quando foi nomeado Bispo Auxiliar de Teresina. Ele tomou posse na Diocese de Cajazeiras em 21 de agosto de 2001.

Para a sua despedida, na manhã desta quarta, Dom José González Alonso convocou os padres, o Colégio de Consultores, as Coordenações Diocesanas das Pastorais e a imprensa para uma reunião, na Capela da Residência Episcopal. Na ocasião, Dom José González, fez a leitura de um texto bíblico e, em seguida, leu a carta oficial que o Vaticano enviou comunicando a aceitação do Papa Francisco.

G1

Você também pode gostar
Comentários
Carregando...