Após sete meses, termina greve de servidores da UEPB

0

Os servidores técnico-administrativos da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) encerraram a greve que já durava mais de sete meses. A categoria realizou assembleia na manhã desta quarta-feira (28) e pôs fim ao movimento sem conseguir o reajuste salarial de 8%. Eles retornam às atividades na terça-feira (3). Já os professores continuam em greve.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Ensino Superior da Paraíba (SintesPB), Fernando Borges, disse ao Portal Correio que a categoria conseguiu fazer acordos para que seja implantado o auxílio saúde; reajuste do auxílio alimentação que hoje é de R$ 370, mas deverá ser corrigido em janeiro de 2016 conforme a inflação de 2015; e outras pautas internas.

Quanto ao reajuste salarial, os servidores discutiram com a reitoria da UEPB a possibilidade de aumento de 8%, que chegou a ser repassada para o Governo do Estado, mas não foi acatada. “Tivemos reajuste de 1%, apenas, conforme todos os servidores do Estado’, disse Fernando Borges.

O reitor da UEPB, Rangel Júnior, disse que o fim da greve significa que os servidores estão conscientes das dificuldades enfrentadas pela instituição.

Enquanto isso, os professores da UEPB continuam parados e sem previsão de retorno. A greve dos docentes começou em 19 de junho. Nessa terça (27), os professores fizeram uma manifestação do prédio da reitoria da instituição.

Portal Correio

Enquanto isso, os professores continuam parados e sem previsão de retorno.

Você também pode gostar
Comentários
Carregando...