Bancada da PB quer destinar R$ 1,4 bi em emendas para obras na BR-230

0
Wilson Filho, coordenador da bancada federal

Termina na próxima terça-feira (20) o prazo para as bancada federais apresentarem as emendas em conjunto e as individuas. As propostas serão entregues à Comissão Mista de Orçamento do Congresso que analisa e decide quanto será destinado a cada estado com base nas emendas apresentadas pelos parlamentares. Entre as emendas de bancada, os deputados e os senadores da Paraíba vão solicitar R$ 1,4 bilhão para obras na BR 230.

De acordo com o coordenador da bancada paraibana, deputado federal Wilson Filho (PTB), o grupo, que se reuniu pela primeira vez nessa quarta-feira (14) para tratar sobre o assunto, estabeleceu a mobilidade urbana, infraestrutura portuária e recursos hídricos como as áreas prioritárias.

Ele relatou que os parlamentares apresentarão oito emendas à Comissão de Orçamento, sendo pelo menos uma para João Pessoa, uma para Campina Grande, uma para o Sertão e um para o Governo do Estado.

A maior demanda solicitada será para obras na BR 230. A construção da duplicação da rodovia federal de Campina Grande até Cajazeiras está orçada, segundo o deputado em R$ 1 bilhão. Já no trecho que liga Cabedelo, na Grande João Pessoa, até Oitizeiro, na Capital, os deputados querem destinar R$ 400 milhões para a construção da terceira faixa na rodovia, 12 viadutos e 14 passarelas.

As emendas também deverão contemplar ações no Porto de Cabedelo, obras de abastecimento de água e de melhorias e para hospitais no Sertão. “Ainda iremos definir os projetos específicos que irão receber os recursos das emendas coletivas de bancada. Porém, a definição foi em consenso. Nossos parlamentares conhecem bem a realidade do nosso Estado e sabem que no momento atual, essas obras são de grande relevância para o desenvolvimento da Paraíba e para garantir melhoria na vida do nosso povo”, disse.

Além das emendas coletivas, os deputados também apresentarão as emendas individuais. “Cada emenda individual é um 1% receita líquida anual. Para 2015 tivemos R$ 15,5 milhões, mas acredito que este ano com a queda da receita ficarem com cerca de R$ 15 milhões”, explicou Wilson Filho.

No encontro dessa quarta, além de Wilson Filho, estiveram presentes os deputados federais Hugo Motta (PMDB), Pedro Cunha Lima (PSDB), Rômulo Gouveia (PSD), Efraim Filho (DEM), Aguinaldo Ribeiro (PP) e Damião Feliciano (PDT).

Além das emendas coletivas, os deputados também apresentarão as emendas individuais

Você também pode gostar

Comentários

Carregando...