Em entrevista, Chimbinha admite traição a Joelma e diz que banda Calypso continua

0

O guitarrista Chimbinha, da banda Calypso, afirmou, em entrevista ao “Fantástico”, que ficará com a banda Calypso e seguirá carreira sem sua ex‐mulher, Joelma.

“Eu sei que não é fácil, ela tem uma imagem muito forte”, disse ele. “Mas não é só a voz dela, existe uma produção por trás, existe um diferencial que é o meu tocar.”

Segundo ele, que havia decidido não se apresentar com a banda depois de ser vaiado em um show em Teresina, quando a cantora demorou cinco músicas para subir ao palco e cantou sem dançar e de cabeça baixa até a a saída do guitarrista do palco, Joelma deve seguir carreira solo a partir do final do ano.

Chimbinha também admitiu ter traído Joelma, e disse que a ex‐mulher o teria perdoado quando descobriu, em outubro de 2014, mas depois voltou atrás, por influência de uma “guru espiritual”.

Magoada, Joelma passou a mandar indiretas durante os shows: ao cantar um de seus clássicos em uma apresentação em agosto, disse que “ser humano é que trai, a lua não trai” e afirmou ter sido “chifrada” ao rebater o pedido de um fã para que voltasse para o músico. Os dois, que foram casados por 18 anos, protagonizam o divórcio mais comentado e turbulento de 2015.

Caso de polícia
A novela da separação se transformou em caso de polícia quando a vocalista da banda prestou uma queixa contra Chimbinha em Belém, no início de setembro. Em depoimento, ela disse que se sentia ameaçada pelo ex.

Chimbinha conseguiu derrubar a medida protetiva que o impedia de chegar a menos de 100 metros de Joelma, e, neste domingo, negou a agressão: “Eu nunca maltratei essa mulher, pelo contrário. Em primeiro lugar, por que ela é mãe dos meus filhos”.

Já a cantora afirma sentir medo de Chimbinha e diz que foi por isso que cantou cabisbaixa em Teresina, no que seria a volta dos dois ao mesmo palco.

via F5

Casal tocou junto na banda Calypso por 16 anos

Você também pode gostar

Comentários

Carregando...