Governo do Estado promove Encontro de Economia da Saúde com representantes de todo país

0

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parceria com a Associação Brasileira de Economia da Saúde (Abres), promoverá o Encontro de Economia da Saúde no dia 6 de novembro, na Escola de Serviço Público (Espep), em João Pessoa. O objetivo é disseminar a economia da saúde como instrumento do serviço público para o desenvolvimento sócio-econômico regional e nacional, além de auxiliar no fortalecimento dos Núcleos Estaduais de Economia e divulgar a Abres.

Participarão do evento, representantes do Ministério da Saúde; do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass); os técnicos das secretarias estaduais onde há núcleos de economia da saúde (Acre, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Tocantins e Rio Grande do Sul), além dos estados onde os núcleos serão implantados (Alagoas, Amapá, Amazonas, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe).

“Será um momento de aprendizagem, onde serão apresentadas experiências dos núcleos existentes e esclarecidas dúvidas; e discutidas sugestões e ideias dos técnicos que estão implantando os núcleos em seus estados”, explicou a chefe do Núcleo de Economia da Saúde da SES, Shirleyanne Brasileiro.

Segundo Shirleyanne, embora o Núcleo da Paraíba só exista há três anos, já se destaca em relação aos outros dez já implantandos no País. Em junho deste ano, na presença do governador Ricardo Coutinho, toda rede hospitalar do Estado assinou um termo de compromisso para a implantação do sistema Apurasus, cujo objetivo é promover a implantação, o acompanhamento e o controle dos custos hospitalares das unidades. O sistema está implantado em 23 dos 33 hospitais públicos estaduais.

“A população ganha na credibilidade e visibilidade da melhor aplicação do dinheiro público, além de ser um instrumento de qualidade para a gestão. No Encontro, terá discussão desde o financiamento aos custos do SUS, o que é fundamental para o bom funcionamento do nosso sistema de saúde”, falou.

Programação – De acordo com a programação, pela manhã haverá duas mesas, intituladas “O que é economia da saúde e sua importância no contexto brasileiro” e “Estratégias de disseminação da Economia da Saúde no âmbito do SUS”. À tarde, serão duas oficinas: “O Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde (Siops), no contexto da Economia da Saúde” e “O Programa Nacional de Gestão de Custos e o ApuraSUS no contexto da economia da saúde”.

   
Você também pode gostar
Comentários
Carregando...