Ônibus escolar é usado para levar funcionários de fábrica na PB; prefeito explica

0

Um ônibus escolar, que pertence ao município de Cuitegi, no Brejo paraibano, a 114 km de João Pessoa, que deve ser utilizado exclusivamente para o transporte de alunos, teria sido indevidamente usado para transportar trabalhadores até um abatedouro de frango, que fica no município de Guarabira, também no Brejo, a 113 km da Capital. O prefeito de Cuitegi, Guilherme Madruga Júnior, disse que o caso foi isolado e aconteceu por conta da quebra do ônibus utilizado apenas para transporte dos funcionários.

De acordo com o prefeito, a decisão de utilizar o veículo escolar para transporte dos funcionários do abatedouro foi feita por conta própria do motorista.

“Temos um programa de parceria com esse abatedouro. Nos comprometemos em disponibilizar o transporte e eles garantem o emprego de 130 pessoas do nosso município. O que ocorreu foi que o ônibus utilizado para levar esses funcionários quebrou durante a madrugada e o motorista resolveu pegar o ônibus escolar para que nenhum funcionário ficasse na rua e atrasasse ou faltasse ao trabalho, tendo a possibilidade de corte de ponto ou perda do emprego”, disse o prefeito.

Ainda segundo Guilherme Madruga Júnior, mesmo com a justificativa para a utilização do veículo escolar, o motorista foi chamado à atenção. Contudo, a atitude foi indiretamente defendida.

“O caso foi isolado e não vai se repetir. O motorista alegou que não quis prejudicar ninguém e disse que tomou a atitude para não deixar o pessoal na rua. Ele já teve a atenção chamada e solicitamos que o fato não se repita. Mesmo assim, temos que levar em consideração que o programa oferece emprego para cerca de 5% da população economicamente ativa do nosso município e esse pessoal teve medo de perder o emprego”, concluiu o prefeito.

Portal Correio

Você também pode gostar

Comentários

Carregando...