Audiência pública na ALPB debate sobre microcefalia

0

A Assembleia Legislativa da Paraíba realiza nesta terça-feira (23), a partir das 17 horas, uma audiência pública para debater o problema da relação entre o vírus da zika e o surgimento de problemas de microcefalia. A propositura é do deputado estadual Ricardo Barbosa (PSB), presidente da comissão de saúde da AL.

Já confirmaram presença o Ministério Público, Sudema, Secretarias de Saúde estadual e municipais, Secretaria do Meio Ambiente de Cabedelo, entre outros órgãos e entidades. O evento é aberto ao público interessado.

O Ministério da Saúde confirmou na semana passada ter identificado a presença de zika vírus em exames de líquido amniótico coletados em dois fetos com microcefalia da Paraíba. Os resultados indicam uma íntima relação entre o aumento súbito de casos e o vírus, que entrou no País no início do ano, provocou epidemia no Nordeste e já está presente em 14 Estados, incluindo Rio e São Paulo.

Até agora, foram registrados no País 399 bebês que nasceram com a malformação, que se caracteriza pela circunferência cefálica inferior a 33 centímetros. Desse total, 21 na Paraíba. De acordo com o grau da doença, a criança pode apresentar deficiência mental, problemas de visão, auditivos, convulsões e dificuldades de locomoção. Outros casos foram registrados em Pernambuco (268), Sergipe (44), Rio Grande do Norte (39), Piauí (10), Ceará (9) e Bahia (8). A maior parte dos casos foi identificada nos últimos três meses.

Portal Correio
Você também pode gostar
Comentários
Carregando...