Bancada paraibana ajuda a manter veto de Dilma ao reajuste do Judiciário

0

Por uma diferença de apenas seis votos, os deputados mantiveram o veto da presidente Dilma Rousseff (PT) ao reajuste dos servidores do Judiciário na noite desta terça-feira (17). Dos 394 presentes, 251 votaram pela derrubada da decisão da presidente. Mas, para que isso ocorresse, eram necessários pelo menos 257 votos na Câmara. Ao todo, 132 votaram contra o reajuste e 11 se abstiveram de votar.

A bancada paraibana se comportou de forma dividida. Mesmo entre os partidos aliados não houve consenso na hora de decidir sobre os vetos. O PMDB, por exemplo, partido do vice-presidente Michel Temer, votou pela derrubada e pela manuteção do veto. Entre os que votaram pela derrubada do veto estão: Hugo Motta (PMDB), Wellington Roberto (PR), Aguinaldo Ribeiro (PP), Wilson Filho (PMDB) e Luiz Couto (PT). Já os que votaram pela derrubada do veto foram: Efraim Filho (DEM), Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) e Pedro Cunha Lima (PSDB).

Os deputados Rômulo Gouveia (PSD), Manoel Júnior (PMDB), Damião Feliciano (PDT) e Benjamin Maranhão (Solidariedade) não aparecem no quadro de votação.

ParlamentoPB
Você também pode gostar
Comentários
Carregando...