Célio Alves estranha declarações de Paulino em favor de Cássio e Zenóbio

0

Declarações recentes do ex-prefeito Roberto Paulino, durante entrevista à Rádio Rural de Guarabira, foram recebidas com estranheza e desconfiança no Girassóis. De acordo com o presidente do PSB, Célio Alves, as afirmações de Paulino reforçam o que já é notório na cidade: o grupo do ex-prefeito tem um acordo de cavalheiros com o prefeito Zenóbio Toscano.

Roberto Paulino disse que o governador Ricardo Coutinho teria que se esforçar bastante para ao menos realizar por Guarabira o mesmo que Cássio Cunha Lima fez como governador. “Ora, dizer isso é desconhecer a história. Ricardo, em menos de cinco anos, já fez mais pela cidade do que Cássio e Roberto, que, juntos, governaram por sete anos”, rebateu Célio Alves.

Segundo o presidente do PSB, o ex-prefeito Roberto Paulino fez uma defesa de Cássio que nem os cassistas mais fanáticos tiveram a ousadia de realizar, em Guarabira.

Noutro trecho da entrevista, Paulino declarou que o prefeito Zenóbio Toscano está trabalhando na zona rural e também entregando leite e feijão na cidade. “Roberto deveria ter dito era aquilo que o Girassóis denunciou, a não instalação de poços artesianos para matar a sede do povo, desde 2013, mesmo o prefeito tendo recebido a perfuração e os equipamentos do governo do Estado”, questionou o presidente do PSB guarabirense.

De acordo com Célio Alves, Roberto Paulino deveria ter dito que o prefeito Zenóbio tem feito cortesia com o chapéu alheio, pois o leite e o feijão são do governo federal, cuja presidente é Dilma Rousseff, que os tucanos querem apear do poder. “Paulino não critica Toscano já tem um ano. Mas agora é pior, pois começa a elogiar. Por isso, que o Girassóis cresce na confiança popular, visto que é a verdadeira oposição”, assegurou Célio Alves.

Você também pode gostar

Comentários

Carregando...