Polícia prende suspeito de assalto à joalheria na Paraíba

0

Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande prenderam, nessa quinta-feira (5), Romário Santos de Oliveira, 22 anos. De acordo com as investigações, ele é um dos envolvidos no assalto a uma joalheria, praticado no dia 16 de outubro deste ano. Toda ação foi gravada pelo circuito de câmeras do estabelecimento.

A polícia chegou até Romário depois de analisar as imagens. A gravação mostrou o momento em que o suspeito entrou no local com uma espingarda calibre 12 de cano serrado e anunciou o assalto. Ele roubou joias, relógios e depois fugiu com outro homem que estava aguardando em uma moto. A numeração da placa do veículo foi registrada pelas imagens e a partir daí o dono foi identificado.

O documento da moto levou a polícia até a casa de Rodrigo Martins do Nascimento. Na residência que fica no bairro José Pinheiro, em Campina Grande, os investigadores encontraram vários relógios ainda com as etiquetas da joalheria e a moto usada no assalto. Rodrigo não estava no local. Já Romário não teve tempo de fugir do cerco policial. Ele foi preso a poucos metros da casa de Rodrigo.

Romário foi reconhecido pelas vítimas como sendo o homem que entrou armado na joalheria. “Agora o nosso trabalho continua para cumprir o mandado de prisão contra Rodrigo que já foi identificado. Esperamos concluir o caso o mais breve possível”, informou o delegado responsável pelas investigações, Cristiano Santana.

Romário já cumpriu pena por receptação de produtos roubados. Ele foi ouvido e encaminhado para o Presídio do Serrotão.

O documento da moto levou a polícia até a casa de Rodrigo Martins do Nascimento.

Você também pode gostar
Comentários
Carregando...