Professores da UEPB fazem assembleia e podem acabar greve que dura quatro meses

Os professores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) poderão pôr fim à greve, nesta terça-feira (10), depois de pouco mais de quatro meses de paralisação. A categoria faz assembléia às 9h, na sede do Sindical dos Docentes da Universidade Estadual da Paraíba (Aduepb), em Campina Grande.

Os professores da UEPB ocuparam a reitoria por 12 dias em forma de protesto, chegando à desocupação do local na sexta-feira (6). Segundo o professor Nelson Júnior, a desocupação aconteceu quando professores atingiram um importante objetivo, que seria o diálogo. A reunião para discutir a pauta com o governo ocorreu na quarta-feira (4), quando secretários se comprometeram em estudar os itens cobrados pela classe.

Foi apresentada a emenda de 10% na folha de pagamento dos funcionários, R$ 3 milhões para o governo suplementar a folha da universidade, pagando o abono de 5.41% e a construção de uma mesa técnica com a reitoria. O secretário do governo considerou todas as propostas razoáveis e decidiu levar a pauta ao governador. A classe espera uma resposta e, dependendo dela, a greve dos professores poderá ter um ponto final nesta terça.

Até essa segunda-feira (9), nenhuma resposta do governo havia sido dada aos servidores grevistas, que reforçaram a tese de que a greve só irá acabar se reitoria e governo aderirem as pautas do sindicato.

Portal Correio

Categoria espera resposta do Estado para decidir sobre continuação ou não do movimento que começou no meio do ano

Você também pode gostar
Comentários
Carregando...