Vasco derrota Joinville e segue na briga contra o rebaixamento para Série B

0

O Vasco da Gama segue mostrando que não é impossível seguir na Série A. Na noite deste domingo (22), na Arena Joinville, conquistou mais uma importante vitória no Campeonato Brasileiro. Com gols de Nenê e Riascos, o cruzmaltino venceu o Joinville por 2 a 1 e subiu para a 18ª colocação do torneio.

A equipe de São Januário retorna aos gramados no próximo domingo (29), às 17 horas, para enfrentar o Santos. O duelo contra um dos finalistas da Copa do Brasil será realizada na Colina Histórica, palco de históricas conquistas do Almirante.

O jogo

Precisando da vitória para ficar mais próximo de seu objetivo, o Vasco iniciou a partida a mil por hora. Após algumas investidas sem sucesso, Rafael Vaz apareceu na ponta esquerda e cruzou na direção da grande área. A zaga do Joinville cortou mal e a bola sobrou nos pés de Nenê. Com um chute colocado, o camisa 10 colocou a bola na gaveta e saiu para o abraço: Vasco 1 x 0.

O Gigante da Colina seguiu atacando e não demorou muito para novamente balançar as redes. Aos 10 minutos, Martín Silva chutou a bola na direção de Jorge Henrique e o viu usar a cabeça para dar um passe açucarado para Riascos. Na cara do gol, o colombiano demonstrou tranquilidade e tocou na saída do goleiro: Vasco 2 x 0. Após o segundo gol, o Joinville ensaiou uma reação e chegou a levar perigo algumas vezes, em especial com o atacante Kempes.

Apesar das investidas do rival, o Vasco seguiu tendo o controle da partida e quase aumentou sua vantagem. Nenê, em bonito arremate de primeira, quase venceu Agenor aos 37 minutos. Necessitando de gols, o Joinville se lançou ao ataque na etapa final e desperdiçou boas chances nos 10 minutos iniciais. Kempes, aos quatro, e Marcelinho Paraíba, aos nove, finalizaram à esquerda da meta defendida por Martín Silva.

Mais recuado, o Gigante da Colina se aplicou defensivamente e não deu espaços para o setor ofensivo do JEC. Nas vezes que se lançou ao ataque, porém, o cruzmaltino infernizou a retaguarda catarinense. O goleiro Agenor, entretanto, não foi colocado para trabalhar. O mesmo não se pode dizer de Martín Silva. O arqueiro uruguaio demonstrou reflexo e defendeu uma forte cabeçada de Kempes aos 32 minutos.

Herói neste lance, o camisa 1 vascaíno operou um milagre dois minutos depois. Aos 34, Rafael Donato ficou cara a cara com Martín Silva, mas não conseguiu superá-lo. No minuto seguinte, porém, o zagueiro aproveitou cobrança de escanteio da esquerda e testou para o fundo das redes, diminuindo assim o placar: Joinville 1 x 2. A equipe da casa se empolgou com o gol e por pouco, muito pouco, não empatou a partida nos minutos finais.

Aos 39 minutos, Mário Sérgio escapou pelo lado direito e cruzou na direção de Marcelinho Paraíba. O experiente jogador se livrou da marcação e finalizou na direção do gol. Aislan se atirou na frente da bola e evitou o pior. Aos 43 minutos, nova chegada do Joinville, e espetacular defesa de Martín Silva. O goleiro utilizou a mão esquerda e colocou a redonda para escanteio após cabeçada de Kempes.

Time carioca fez o placar de 2 a 1 no primeiro tempo.

Você também pode gostar
Comentários
Carregando...