Orçamento de 2016 prevê redução de R$ 271 milhões para órgãos da PB

A menos de duas semanas para a aprovação final do Projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) 2016 na Assembleia Legislativa, o Orçamento Geral prevê a redução nos recursos de 10 autarquias, além da Reserva de Contingência. Mas, o Governo do Estado fez alguns remanejamentos e permitiu aumento em 18 órgãos, que inclui o Legislativo Estadual, Tribunal de Contas e Ministério Público.

A reportagem analisou o orçamento e fez um comparativo dos anos de 2015 e 2016 e apurou que está sendo reduzida uma quantia significativa no valor de pouco mais de R$ 271 milhões. Nesse período também ocorreram junções de algumas secretarias. Um exemplo é a Secretaria de Planejamento, Orçamento, Gestão e Finanças que antes eram desvinculadas e agora funcionam em conjunto.

Das autarquias que tiveram redução de recursos, a Secretaria do Desenvolvimento e da Articulação é a que sofre o maior corte comparada a peça aprovada no ano passado. Perdeu 55% da sua verba. Em segundo lugar veio a Secretaria de Desenvolvimento Humano com diminuição de 36%. A Reserva de Contingência, que é um volume de dinheiro utilizado para eventualidades como a seca e desastres, vem em terceiro lugar.

Mesmo em ano de crise, remanejamento feito pelo Governo possibilitou aumento de verbas para 18 órgãos

Você também pode gostar
Comentários
Carregando...