Ator fala 'presidente ladra', plateia diz 'não vai ter golpe' e peça é cancelada

0

 A apresentação do espetáculo “Todos os musicais de Chico Buarque em 90 minutos” prevista para a noite deste domingo (20), em Belo Horizonte, foi cancelada por causa de um incidente ocorrido na estreia da peça na noite de sábado (19). A sessão de estreia foi interrompida e suspensa depois de um momento de improvisação em que ator e diretor Claudio Botelho referiu-se à prisão de “um ex-presidente ladrão” e citou “uma presidente ladra”.

Um vídeo na internet mostra o momento em que parte da plateia se manifesta contra as declarações do artista e começa a gritar: “Não vai ter golpe!”, “Não vai ter golpe!”. Havia 982 pessoas na plateia, de acordo com a assessoria de imprensa do Sesc Palladium.

A assessoria de imprensa da Pólobh, produtora local (a peça é do Rio de Janeiro), disse ao G1 que a confusão começou 60 minutos depois do início do espetáculo. A apresentação estava na metade.

Ao jornal ‘O Globo’, Botelho afirmou ter sido “censurado”, que demorou a entender a plateia e que sempre faz um “caquinho” (improviso) com o que está acontecendo no Brasil.

Em nota, a Pólobh disse que a interrupção ocorreu “devido às reações políticas motivadas pela manifestação de um ator do espetáculo”. O texto ainda diz que “o Sesc em Minas, a Pólobh e demais instituições envolvidas são apartidárias mas, compreendendo o momento pelo qual o País passa atualmente e primando pela segurança de todos, optaram pelo cancelamento da sessão prevista para este domingo, 20/03”. (leia a íntegra da nota no fim deste texto)

Por meio de nota, o Sesc Palladium informou que “em decorrência da manifestação espontânea do diretor e ator do espetáculo ‘Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos’ e em função dos desdobramentos ocasionados por tal atitude, a apresentação de ontem (19/3) foi interrompida e a de hoje (20/3) cancelada.”

O comunicado ainda afirma “que o Sesc em Minas não corrobora com as manifestações políticas de cunho pessoal e respeita as diversas opiniões de seu público, sempre priorizando a segurança de todos” e que “lamentamos o ocorrido e os transtornos gerados”.

O dinheiro gasto para comprar os ingressos para o espetáculo será devolvido, segundo a assessoria. Para quem comprou o ingresso por meio de cartão, o valor será estornado.

Nota da Pólobh
Nota de Esclarecimento e aviso de cancelamento do espetáculo Todos os musicais de Chico Buarque em 90 minutos – Mídias Digitais Polo

Informamos que a apresentação da montagem “Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos” do último sábado, dia 19, foi interrompida devido às reações políticas motivadas pela manifestação de um ator do espetáculo. Esclarecemos que o Sesc em Minas, a Pólobh e demais instituições envolvidas são apartidárias mas, compreendendo o momento pelo qual o País passa atualmente e primando pela segurança de todos, optaram pelo cancelamento da sessão prevista para este domingo, 20/03. Os valores pagos pelos ingressos serão integralmente devolvidos da seguinte forma:

· Ingressos adquiridos na bilheteria do teatro:
 Por meio de cartão de crédito – Apresentar-se em uma das bilheterias do Sesc Palladium, portando o cartão utilizado para a compra e o ingresso para o estorno;

 Por meio de cartão de débito e dinheiro – Apresentar-se em uma das bilheterias do Sesc Palladium, portando o ingresso e os dados bancários para depósito em conta.
· Ingressos adquiridos pela Ingresso.com
O estorno será automaticamente realizado por meio do cartão útil.

G1

Você também pode gostar
Comentários
Carregando...