'Não admiti antes por medo que nos tirassem os pontos', diz peruano sobre gol de mão

O tão falado gol de mão que eliminou o Brasil da fase de grupos da Copa América Centenário foi assunto na volta para casa da seleção peruana.

Raúl Ruidíaz, o autor do tento que garantiu o 1 a 0, surpreendeu ao reconhecer ter usado o braço para completar o cruzamento da direita.

“Não admiti antes por medo que nos tirassem os pontos”, disse o jogador de 25 anos – que teve passagem pelo Coritiba em 2012 e 2013.

Questionado se seu gol foi de coxa, Ruidíaz abriu um sorriso e afirmou: “Na realidade, naquele momento, foi (risos). Mais que astúcia era a única opção para marcar. Essa bola tinha que entrar de qualquer jeito, porque faltava muito pouco”.

“Foi o último recurso. Em nenhum momento pensei em colocar a mão, mas foi o momento. Não admiti antes por medo que nos dissessem que perderíamos a classificação”, confessou o atacante. O Peru, no entanto, acabou eliminado da Copa América nos Estados Unidos ao cair nos pênaltis para a Colômbia.

Você também pode gostar
Comentários
Carregando...