Pelo menos 800 mulheres poderão ter câncer de mama em 2016, na PB

0

Cerca de 800 mulheres deverão ser acometidas pelo câncer de mama, no ano de 2016, na Paraíba. O levantamento é do Instituto Nacional do Câncer (INCA) e revela importância de desenvolver campanhas de prevenção e conhecimento, para uma eficaz detectação do problema. Em Campina Grande, o projeto “Amigos do Peito” contempla essa ação com uma unidade móvel, oferecendo exames de forma gratuita para a população.

De acordo com a organização do projeto, mais de mil mulheres acima de 40 anos já foram atendidas em um período de aproximadamente 15 dias. Nesta terça-feira (29), a unidade móvel ocupou a rua Zilda Arns, no bairro das Malvinas. “O câncer de mama é assintomático e a mulher não tem muita cultura de fazer o exame, então estamos vindo onde elas estão. É até uma forma de evitar custos com o deslocamento e a mamografia é feita de forma muito rápida, pois são cerca de 10 minutos”, pontuou o coordenador do projeto, Isaias dos Santos.

Financiado pelo Governo Federal, o projeto “Amigos do Peito” atua em parceria com os municípios. Em Campina Grande, ele existe há cerca de 15 dias e vai continuar atendendo a população até o dia 31 de dezembro. A unidade móvel conta com uma técnica em radiologia, uma recepcionista e um motorista. O centro de diagnóstico fica na cidade de Recife, em Pernambuco, onde a película da mamografia é analisada. O resultado do exame é encaminhado para a Unidade Básica de Saúde da área de cada paciente.

Já existe uma previsão da programação dos próximos dias de realização do projeto. De acordo com os organizadores, na quarta-feira (27), a unidade móvel “Amigos do Peito” vai estar no distrito de Galante. Na quinta-feira (28) a estimativa é de que os atendimentos sejam oferecidos no bairro do José Pinheiro, enquanto que na sexta (29) e sábado (30) as beneficiadas sejam as mulheres do Monte Castelo e do São José, respectivamente.

Para saber qual o local em que a unidade móvel vai estar, as pessoas podem ligar para o número (83) 99839-0064 e obter mais informações. As informações são do G1.

Você também pode gostar
Comentários
Carregando...