Após paralisação, radialistas são demitidos da Rádio Rural

0
Eraldo e Raelson durante comemoração do aniversário da Rádio Rural, em novembro. (Foto: Joab Freire / Arquivo)

Um dia após a paralisação dos funcionários do jornalismo da Rádio Rural de Guarabira que reinvidicava a regularização no pagamento dos salários e 13º, dois radialistas foram demitidos sem muitas explicações: o jornalista Eraldo Luís que comandava a primeira edição do Grande Jornal 850, além da direção do Departamento de Jornalismo da Emissoa e Raelson Galdino, que acumulava as funções de repórter e âncora da segunda edição do Grande Jornal 850 e a edição de domingo do jornalístico. Os dois também atuavam no site de notícias do grupo, o Nordeste1.

Os profissionais confirmaram a informação ao CartaPB através de mensagens em redes sociais, mas não deram detalhes sobre o que foi alegado pela Direção Geral da emissora. Ele já foram recebidos com a notícia quando chegaram para trabalhar as 6h da manhã, segundo infomações.

Digenilson Silva entrará de férias a partir desta
quinta.

Outro que deixa seu posto, mas para férias forçadas, é Digenilson Silva, atual diretor do Departamento de Programação da emissora e apresentador do Grande Jornal 850 ao lado de Eraldo. O jornalístico passará a ser apresentado pelo radialista Feliciano Silva, que deixa a Rádio Cultura de Guarabira.

Ainda não há informações sobre o destino dos demais adeptos à paralisação.

 [post_ads]

Ainda não há informações sobre o destino dos demais adeptos à paralisação.

Você também pode gostar

Comentários

Carregando...