Dom Aldo Pagotto é nomeado Grão-prior de Ordem de Santa Maria

0
Ex-arcebispo da Paraíba é nomeado Grão-Prior
do Grão-Bailiado Magistral do Brasil (Foto: divulgação)

Seis meses após renunciar ao cargo de arcebispo da Paraíba, dom Aldo di Cillo Pagotto foi nomeado como novo Bailio-Cavaleiro-Capelão da Grã-Cruz de Obediência ad Honorem da Sacra Ordem Dinástica da Milícia de Jesus Cristo e Santa Maria e como Grão-Prior do Grão Bailiado Magistral do Brasil. As honrarias foram recebidas nos dias 09 e 11 deste mês.

A nomeação do ex-arcebispo da Paraíba para Grão-Prior pode ser conferida na postagem feita na página da Congregação de Santa Maria. Já a nomeação de dom Aldo Bailio-Cavaleiro-Capelão foi publicada no Blog do Instituto Bento XVI. Segundo o instituto Bento XVI, o capelão está ligado ao estado a que pertence, no caso, o Ceará, mas isso não o impede de ter apostolado fora. Veja nos hiperlinks.

O cargo de Grão-pior é o superior do clero católico da Ordem, sendo, abaixo do arquipior, a maior autoridade eclesiástica. A nomeação também foi publicada na página do Instituto Bento XVI, no Facebook, onde internautas fizeram críticas à escolha do nome de Pagotto, relembrando as polêmicas nas quais ele se envolveu durante seus últimos meses na Paraíba. Ele é investigado em ação do Ministério Público do Trabalho da Paraíba (MPT-PB), que apura denúncia de pedofilia envolvendo membros da Arquidiocese da Paraíba.

A Sacra Milícia é uma Ordem de Cavalaria Dinástica-religiosa, desde o ano de 1235, ligada moral e historicamente à Santa Sé. “Contudo, essa ligação moral com a Santa Sé convive em plena harmonia com total independência da Ordem em relação ao Vaticano, pois, como uma Ordem Dinástica, a Sacra Milícia depende politicamente unicamente da Casa Principesca de Trivulzio-Galli”, afirma comunicado no site oficial da Ordem.

O objetivo da Ordem é “viver uma vida mais perfeita, a promover o culto público, a doutrina cristã, e outras obras do apostolado, a saber, o trabalho de evangelização, o exercício de obras de piedade e de caridade, e por informar a ordem temporal com o espírito cristão”.

Apenas católicos podem fazer parte da Sacra Ordem Dinástica. Primeiro, é preciso enviar um pedido formal de admissão, com curriculum vitae completo com dados biográficos, solicitando a entrada como cavaleiro ou dama. Há três categorias: honra e devoção, graça e devoção, e devoção e graça magistral. Conforme orientação do site, todos que desejam entrar para a Ordem devem estar dispostos ao pagamento da ‘joia’, que seria, na verdade, uma doação financeira.

Blog do Rubão

A nomeação foi publicada na página do Instituto Bento XVI, no Facebook