Márcia Amaral 'pressiona' diretores a defenderem sua permanência como gerente da Educação

0

Os bastidores da gerência regional da Educação têm registrado forte movimentação nas últimas 24 horas após a revelação feita pelo CartaPB na última quinta-feira (1º) e fontes ouvidas pela reportagem afirmam que a gerente Márcia Amaral se articula para permanecer no cargo, mesmo sendo alvo de graves insatisfações dos aliados do governador Ricardo Coutinho em Guarabira.

Entre as ações de resistência da gerente, segundo as informações, está uma pressão sobre diretores escolares de cidades vizinhas para assinarem nota pública em seu favor. “Cada um tem sido chamado por ela e assessores seus diretamente”, revelou uma fonte. 

Por outro lado, servidores da Educação também têm ocupado as redes sociais para questionar Márcia Amaral e pedir sua exoneração. Eles afirmam que vêm sendo perseguidos pela gerente. Além deles, as lideranças políticas ligadas ao governador já externaram suas queixas contra Márcia Amaral, através de documento encaminhado ao Palácio da Redenção. Eles querem a exoneração da gerente e defendem que o governador fique à vontade para escolher o substituto.

Fontes revelaram que a gerente está pressionando servidores para assinarem uma nota em seu favor

Você também pode gostar
Comentários
Carregando...