Na tribuna, Renato Meireles pede maior fiscalização do transporte universitário de Guarabira

0
O líder do PSB na Câmara Municipal ficou
solidário ao motorista e proprietário do ônibus que pegou fogo
na BR-230

Ainda recente na memória dos estudantes, o incêndio ocorrido na tarde da última quinta-feira (16) com um dos ônibus que transportava alunos universitários de Guarabira para João Pessoa, o vereador Renato Meireles (PSB) usou a tribuna da Casa Osório de Aquino, nesta terça-feira (21), para pedir maior fiscalização por parte da prefeitura em relação aos veículos locados para o programa Transporte Universitário.

“Diante do ocorrido, envio dois requerimentos à prefeitura, pedindo esclarecimentos sobre o fato e requerendo cópias dos contratos de locações dos veículos. Não estou aqui para fazer voto de juízo, nem muito menos para criar factoides ou picuinhas, estou levantando um questionamento, um debate acerca da qualidade e da segurança oferecida aos estudantes”, argumentou.

O líder do PSB na Câmara Municipal ficou solidário ao motorista e proprietário do ônibus que pegou fogo na BR-230. “Felizmente, graças a Deus, não houve vítimas, apenas danos materiais. O qual fico solidário ao motorista, pai de família e que estava no seu ato de trabalho”, lamentou Renato.

Renato também destacou a importância do transporte universitário e parabenizou a prefeitura de Guarabira pela iniciativa e ampliação do programa. “Muitos estudantes hoje, podem graduar um curso superior desejado, graças ao transporte disponibilizado pela prefeitura. Sou franco em afirmar isso”, frisou o parlamentar lembrando que não se pode também ser omisso diante da qualidade e segurança disponibilizados aos estudantes.

O vereador finalizou sua fala ressaltando os apelos feitos por alunos, que alegaram que alguns ônibus não possuem sequer o cinto de segurança, e afirmou que vai pessoalmente fiscalizar cada contrato.

“Não podemos abrir mão de qualquer fiscalização, a segurança do transporte universitário. Temos que ouvir, seja qual for a reivindicação feita pelos estudantes, afinal, eles são os usuários do programa, sabem mais precisamente do que qualquer um, qual o ponto que deve melhorar, onde está errado. Vou fiscalizar se realmente o que está sendo contratado com dinheiro público, é o que está sendo oferecido aos estudantes. Disponibilizando, acima de tudo, o mínimo de segurança”, pontuou Renato.

O líder do PSB na Câmara Municipal ficou solidário ao motorista e proprietário do ônibus que pegou fogo na BR-230

Você também pode gostar
Comentários
Carregando...