Marido é suspeito de jogar ácido no rosto da mulher enquanto ela dormia

0

Uma mulher de 33 anos foi socorrida e encaminhada para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa após ser queimada com ácido na casa em que mora, no distrito de Bebelândia, na cidade de Santa Rita, na Grande João Pessoa no início da manhã desta terça-feira (14). Segundo informações repassadas pela própria vítima, o marido é o suspeito de ter jogado ácido muriático enquanto ela dormia.

A Polícia Militar foi acionada pelo Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop) para localizar o marido da vítima. Até as 8h desta terça-feira, o suspeito, de 53 anos, não tinha sido preso.

Ainda de acordo com a própria vítima, ao perceber que tinha sido atacada por produtos químicos, sentido dor com as queimaduras, ela fugiu de casa na própria motocicleta e foi até o hospital de Santa Rita. Na unidade, recebeu os primeiros atendimentos médicos e foi transferida para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa por volta das 5h.

A vítima relatou que ao acordar com as queimaduras, chegou a perguntar ao marido o que tinha acontecido e ele disse que não sabia explicar. O ácido queimou o rosto, o cabelo, a orelha e parte do tórax da vítima. Funcionários dos dois hospitais nos quais a mulher foi atendida comentaram que o marido chegou a ir até o local em busca da esposa e chegou a fazer ameaças. De acordo com a mulher agredida com ácido, ela vivia há oito anos com o marido.

De acordo com o boletim médico divulgado pelo Hospital de Trauma no início da manhã desta terça-feira, a mulher passou por atendimento médico de emergência e seguia internado em estado regular na unidade. As informações são do G1.

Mulher fugiu de casa e foi de moto até hospital em Santa Rita.
Vítima de 33 anos foi transferida para o Trauma de João Pessoa.

Você também pode gostar
Comentários
Carregando...