Após professores, servidores da UEPB entram em greve nesta terça-feira

Funcionários protestam contra cortes no orçamento da universidade. Cerca de 18 mil alunos estão sem aulas.

0

Os servidores técnico-administrativos da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) entram em greve nesta terça-feira (25), por tempo indeterminado. De acordo com o sindicato que representa a categoria, o Sintespb/UEPB, a decisão foi tomada durante uma Assembleia Geral. Cerca de 18 mil alunos estão sem aulas.

Conforme o presidente do Sintespb/UEPB, Fernando Borges, na ocasião foi discutida a realidade orçamentária da universidade, em função dos sucessórios cortes no orçamento por parte do governo estadual, de modo que a ampla maioria dos servidores achou por bem decretar a greve. A principal reivindicação deles é o cumprimento do orçamento da UEPB, aprovado na Assembleia Legislativa.

Os servidores técnico-administrativos da UEPB afirmaram que vão unir o Comando de Greve deles ao Comando de Greve dos professores da UEPB, no sentido de unificar a luta e somar as forças em busca de melhorias para toda a comunidade universitária.

Segundo informações do Jornal da Paraíba, durante a Assembleia Geral também foi acordado que os servidores vão aderir à paralisação do próximo dia 28 para a Greve Geral em todos os campi da UEPB. A categoria deverá participar das mobilizações promovidas em defesa da instituição tanto em Campina Grande e João Pessoa, como também em Lagoa Seca, Monteiro, Guarabira, Patos, Araruna e Catolé do Rocha.

Você também pode gostar

Comentários

Carregando...