Escanteado no PMDB, Veneziano poderá assumir o Podemos na Paraíba

Peemedebista tem votado contra projetos de interesse do governo.

0

De acordo com informações do blog de Suetoni Souto Maior, do Jornal da Paraíba, o deputado federal Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) está de malas prontas para deixar o PMDB. O destino, segundo fontes de Brasília, seria o Podemos (antigo PTN). As conversas entre o parlamentar e a presidente nacional da sigla, Renata Abreu, estão avançadas. Se forem concretizadas, o peemedebista assumiria o comando da agremiação na Paraíba, hoje nas mãos do deputado estadual Janduhy Carneiro. Na bagagem, Veneziano levaria também lideranças peemedebistas que, assim como ele, vivem uma espécie de “inferno astral” no PMDB.

Os sinais de saída da sigla peemedebista são muitos, apesar de o ex-prefeito de Campina Grande assegurar que seu projeto é se manter no partido. Ele diz que insistirá até o fim pela permanência, a menos que não seja mais bem-vindo na sigla. “Se eu decidir sair, será em abril do próximo ano”, assegura. Veneziano Vital do Rêgo tem se colocado no sentido contrário às votações de interesse do presidente Michel Temer (PMDB) na Câmara dos Deputados. Votou contra a terceirização, contra a reforma Trabalhista e é voto certo também contra a reforma da Previdência.

Na Paraíba, enquanto o PMDB se colocou na oposição ao governador Ricardo Coutinho (PSB), Veneziano desde as eleições do ano passado prega uma aliança com os socialistas. Ele, inclusive, tenta pavimentar este caminho pelas vias partidárias, mas encontra resistência do senador José Maranhão, presidente estadual do partido. Sobre a votação contra a orientação do partido, o ex-cabeludo deixa claro que tem votado de acordo com a sua consciência. Por conta disso, não vai aprovar nenhuma das medidas restritivas de direito propostas pelo governo federal.

De acordo com informações de bastidores, Renata Abreu já teria até ligado para Janduhy Carneiro para avisar sobre a abertura das conversas com Veneziano. O Podemos deixou a base do presidente Temer há uns 20 dias e migrou para a oposição. Ao blog de Suetoni, Veneziano evitou falar sobre o destino em caso de desfiliação do PMDB. Sobre o convite do Podemos, disse apenas estar feliz por ser lembrado por outras siglas.

Você também pode gostar

Comentários

Carregando...