PRG pede prisão de Aécio, mas STF determina afastamento

Aécio foi gravado pedindo 2 milhões de reais ao empresário Joesley Batista, um dos donos do frigorífico JBS

0

A Procuradoria Geral da República pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) o afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) após a revelação bombástica de que ele tenha pedido propina à JBS, no entanto, o ministro Edson Fachin negou o pedido, mas condeceu o afastamento do político do Senado.

Segundo o ministro, o pedido de prisão deve ser discutida no plenário do STF.

Lava Jato

Aécio é alvo nesta quinta de operação da Polícia Federal, que cumpre mandados de busca e apreensão em seu apartamento no Rio de Janeiro e em seu gabinete no Congresso Nacional, em um desdobramento da operação Lava Jato. Segundo o jornal, o STF também determinou que o deputado Rodrigo Rocha Loures seja afastado de seu mandato.
A operação foi deflagrada depois que Aécio foi gravado pedindo 2 milhões de reais ao empresário Joesley Batista, um dos donos do frigorífico JBS, segundo reportagem do jornal O Globo na quarta-feira confirmada à Reuters por três fontes.