Alagoinha — Liberdade acima de tudo!  Imprensa livre e independente

O prefeito é dado a discursos alienatórios, subestimando a inteligência do povo e de outras pessoas que tem a coragem de enfrentar tais pensamentos

0

A rádio comunitária Alagoinha FM tem levantado uma espécie de “ódio” nesses dias comuns de liberdade. Apesar de já ter sido um porta-voz que atacou de forma veemente esta rádio, eu nunca quis ou pretendi fechá-la. Eu sabia que essa rádio tinha uma função social além de ser  um veículo de comunicação; serve para com as atitudes e sonhos de um povo que quer pensar, transgredir e buscar uma sociedade mais igualitária. Talvez por isso não me sinta tão culpado.

Hoje, tudo o que significa o grupo do prefeito Jeová José, assim como os seus Vereadores tem derramado essa espécie de “ódio” com o único intuito de fechar a rádio e canalizar sua política na conquista de uma sociedade que continue escrava e sem acessos á informação.

Parece que por esse domínio, suas buscas em derrotar a voz do povo encontra resistência na própria sociedade que se nega a aceitar que tal fato venha a acontecer: o fechamento da rádio Alagoinha FM.

O que pensa o grupo da “situação” liderada por Jeová, que seu desejo pode se impor á força negando tudo o que pode esclarecer a sociedade, já que isso é um direito constitucional? – Ele tenta se fortalecer por um mecanismo arbitrário e abominado por qualquer sociedade sensata que é a DITADURA. Há várias maneiras de se impor esse regime, até mesmo numa cidade pequena isso pode acontecer por ser uma forma de dominação e de negação á direitos, e a informação é a sua primeira arma, assim podem agir livremente como se não houvesse justiça e essa mesma justiça, em suas cabeças é praticada ao seu modo e, portanto, deliberadas.

Vereadores do grupo do prefeito nutrem esse mesmo “ódio” porque são aliados do mesmo pensamento, nutrem seu desejo de perpetuação de poder como se a Câmara Municipal pertencesse a um grupo, uma sociedade fechada, com regras e códigos próprios onde a servidão humana seja um projeto e estejam a seus serviços de nutrir seus vícios e sede de poder.

O fechamento da rádio Alagoinha FM significaria a busca de uma permanência decisiva da manutenção do poder. – Não será permitida a fixação da ORDEM que tenha por objetivo alienar, ludibriar, manter cativo o raciocínio, ser contra as diferenças, imposição direta, perpetuação de poder, manutenção de ‘famílias’, suprimir a liberdade de expressão e de pensamento e ignorar a democracia. – Tudo isso e qualquer arbitrariedade será combatida!

João Adriano Silva é jornalista

Você também pode gostar
Comentários
Carregando...