Seremos um bando de cornos

Sou explicitamente um apaixonado pelos festejos juninos. Não  trocaria um só mês de junho por dois fevereiros ou quatro dezembros. Setes de setembro e quinzes de novembro então, do jeito que o Brasil anda, eu não aceitaria nem pra troco em uma possível barganha. Me conforta saber que um bom número de  nordestinos ainda pensa como eu. Nada trago de…

O Dom da Simplicidade

Era noitinha e a travessa Joel Fonseca estava, naquele momento, obstruída por um carro aparentemente enguiçado, conduzido por um motorista visivelmente embriagado, impedindo o acesso por aquela via ao largo da Catedral. Muitos motoristas, diante da cena, já haviam dado ré e procurado acessar seus destinos por outras ruas. Eis que estaciona um…

A Morte da Fotografia

O fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado, um dos mais celebrados dentro e fora Brasil, deu uma declaração que soou bombástica para o mundo da fotografia. A calibração perfeita do olhar, o ângulo cirúrgico, a mirada humanitária e a apurada compreensão do mundo real e do mundo das luzes sempre foram elementos indispensáveis para composição da obra…

A Selva, o Sangue e os Silva

Acidade cada vez mais selva, não sabe mais o que fazer com os silva. Falo dos silva que, muitas das vezes, foram separados dos demais pela cor da pele, pela pobreza, pela miséria e por todos os deveres que lhes foram e lhes são impostos (legais, ilegais, morais e até imorais) tendo como contrapartida quase nenhum haver, a não ser a cota de víveres…

Luís Pequinês, um guarabirense

Pequinês, qual nada! O apelido poderia, no máximo, dar uma pista da sua estatura física, até porque o coração, este, ultrapassava os limites do corpo. Luís Paiva, antes de ser um guarabirense que se tornou conhecido e sem dúvida será lembrado por muito tempo, foi um nordestino que, como tantos outros, resolveu cedo buscar no “sul maravilha" as…

Minha querida Aracataca

Alexandre Henriquesjornalista e ensaístaSuponho não haver prosador ou poeta que consiga traçar as suas linhas sem nelas deixar, de forma visível, aqui e ali, as lembranças da sua aldeia, seja qual for o tema que proponha declarar em sua construção escrita. Denunciará, inevitavelmente, ainda que seja nas entrelinhas, as fontes nas quais bebeu,…

O babau de Dondon

Alexandre Henriquesjornalista e ensaístaO prefeito Zenóbio Toscano fez um gol de placa no âmbito da cultura ao restaurar o casarão de Cunha Rego dando-lhe uma nova vida e, dentro dessa nova vida, uma nova função. Por mais de 50 anos fechado e desabitado, ameaçava ruir e levar com ele tudo que durante anos construímos mentalmente em relação ao…